Estabilização e controle de recalque em edifício de empresa de transporte de Gás e Petróleo.

Estabilização e controle de recalque em edifício de empresa de transporte de Gás e Petróleo.

Nossa técnica não-destrutiva permite que a estabilização seja feita em poucos dias, sem sujeira e interrupções, pois interromper a produção de uma fábrica causa grandes prejuízos e sempre é um ponto negativo nas obras que exigem um longo tempo de execução, além de quase sempre envolverem processos destrutivos da estrutura já instalada.

Nesse caso, uma parte do prédio recalcou, pois estava infiltrando água no solo devido a uma canaleta quebrada, que deveria fazer a drenagem no local. Essa infiltração, além de encharcar o solo, carrega partículas e faz com que o mesmo perca a sua capacidade de suporte. Com 6 dias de obra, foi injetada espuma de poliuretano bi-componente, de forma a estabilizar, principalmente abaixo dos baldrames de fundação que estavam apoiados no solo, para impedir que o local volte a recalcar. Com esta injeção, seria formada estruturas como se fossem estacas, aumentando a capacidade de suporte desta camada do solo.

Devido à procedimentos executivos extremamente rápidos, nossa espuma permite o reforço do solo quase instantâneo, sem necessidade de interromper o funcionamento da fábrica sendo possível liberar a área apenas uma hora após a aplicação, devido à cura completa da espuma em cerca de 15 minutos, oferecendo completa segurança com a menor interferência possível ao cliente.

Veja mais fotos e informações em: /http://mercogeo.com.br/projects-archive/estabilizacao-de-solo-e-controle-de-recalque-em-edificio-de-empresa-de-gas/



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *